No rumo certo: Senado e Câmara se alinham para aprovar PECs de ajuste fiscal e reformas tributária e administrativa

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Senado e Câmara dos Deputados trabalham juntos para votar Propostas de Emenda à Constituição (PECs) do ajuste fiscal e das reformas tributária e administrativa.

De acordo com Rodrigo Pacheco (DEM-MG), presidente do Senado, é preciso uma modelo “menos injusto” de sistema tributário.

“Não podemos impor, especialmente, às camadas mais pobres da sociedade que paguem a conta dos problemas que o Brasil tem”, disse ele, em referência à reforma tributária, durante live do Grupo Prerrogativas.

Para Pacheco, a reforma administrativa é, igualmente, necessária porque combate privilégios e desperdício de dinheiro público.

“O Estado pode ser menor. Não precisa ser um Estado mínimo, concebido pelos ultraliberais, que é aquele que cuida só de saúde, segurança e educação. Mas, um Estado que seja capaz de (dar) respostas mais imediatas para a população”, afirmou.

E completou:

“Para isso, nós precisávamos das reformas trabalhista, da previdência e precisamos da reforma administrativa e da tributária, em um modelo que seja menos injusto possível; especialmente, para os mais pobres”, finalizou.

Fonte: jornaldacidadeonline.com.br