Preço do petróleo atinge maior alta em sete anos

As tensões geopolíticas e as variações entre oferta e demanda mexeram com o valor do barril, que é referência para a Petrobras

O barril de petróleo tipo Brent (referência para a Petrobras) atingiu, nesta terça-feira, 18, seu preço mais alto em mais de sete anos, alimentado por tensões geopolíticas e variações na oferta e na demanda.

O preço do barril de Brent (extraído do Mar do Norte, na Europa) chegou US$ 88 em Londres.

Esse foi o maior valor registrado desde 30 de outubro de 2014, quando o valor do barril alcançou US$ 86,74, segundo a agência de notícias France Presse.

Já preço do barril WTI (produzido nos Estados Unidos) era negociado no mercado norte-americano acima de US$ 85, também atingindo o maior preço desde outubro de 2014.

Em 2021, o preço do petróleo Brent escalou mais de 50% e o de WTI, mais de 55%, impulsionados pela reativação da demanda com o fim das restrições sanitárias no começo do ano.

Tensões

As preocupações com a oferta aumentaram nesta semana, depois que o grupo Houthi, do Iêmen, atacou caminhões de combustível dos Emirados Árabes Unidos.

Isso aumentou a tensão entre o grupo alinhado ao Irã e uma coalizão liderada pela Arábia Saudita.

Conflito geopolítico

Também está pressionando os preços do barril a tensão crescente entre a Rússia e a Ucrânia, membro da Organização dos Países Exportadores de Petróleo.

Fonte: revistaoeste.com