Psiquiatra fala sobre saúde mental em palestra na FE

Palestra sobre Saúde Mental reuniu grande público na FE. No destaque o Dr. Eduardo Figueiredo Jorge

A Fundação Educacional de Ituverava (FE) recebeu um grande público na noite da última segunda-feira, 20 de agosto, para a palestra sobre “Saúde mental: quebrando estereótipos sobre a loucura”, proferida pelo psiquiatra Dr. Eduardo Figueiredo Jorge e pela psicóloga Flávia Aparecida Diniz Pereira, ambos do CAPS Viver de Ituverava
O evento, aberto ao público, foi promovido pelo CAPS Viver, da Prefeitura de Ituverava, em parceria com a Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ituverava, Núcleo de Apoio Psicopedagógico e curso Técnico em Enfermagem da FE.
Estiveram presentes alunos, professores e colaboradores das instituições mantidas pela FE, médicos, funcionários do CAPS Viver e da Prefeitura, psicólogos, profissionais da área da Saúde, entre outros.
O objetivo da palestra foi ampliar o conceito de saúde mental, quebrar estereótipos sobre a loucura e mostrar a importância das pessoas se permitirem procurar ajuda profissional (psicólogos e psiquiatras) quando perceberem que não estão bem psiquicamente.
Os palestrantes falaram sobre os pontos principais da reforma psiquiátrica no Brasil, que se iniciou na década de 70, e das políticas de saúde mental, que possibilitaram o desenvolvimento de serviços como os CAPS, residências terapêuticas e programa de Volta Pra Casa.
A prefeita Adriana Quireza Jacob Lima Machado não pode estar presente na palestra, mas fala sobre o evento. “Primeiramente, parabenizo a parceria das instituições que idealizaram esse evento. O tema saúde mental ainda é relacionado a muitos estereótipos e, com a palestra, foram esclarecidas dúvidas, o que contribuiu para a conscientização da importância de estar bem psicologicamente”, afirma a prefeita.

Tema Abordado
Outros temas abordados foram, a possibilidade de o tratamento psiquiátrico ser feito a nível ambulatorial, em convívio com a sociedade e os familiares dos pacientes, e os trabalhos que são realizados pelo CAPS Viver de Ituverava.
O psiquiatra Dr. Eduardo Figueiredo Jorge, fala sobre o tema da palestra. “Procurei também discorrer sobre a história da psiquiatria e principalmente enfatizar a necessidade da orientação da população a respeito do que é psiquiatria, psicologia, e o que podemos fazer para ajudar uma pessoa que eventualmente esteja doente”, afirma médico.
“Em suma, o principal intuito da palestra foi tentar quebrar um pouco do preconceito e do estigma que ainda incide sobre os pacientes psiquiátricos. E a melhor forma de fazer isso é orientando e tentando esclarecer que vamos conseguir uma maior adesão das pessoas e dos familiares – que são muito importantes no tratamento, para que consigamos ter um melhor prognóstico, uma melhora na evolução do quadro”, completa o psiquiatra.