Relembre os dez vilões mais assustadores de Resident Evil

Resident Evil Village foi lançado dia 7 de maio, com vilões como Lady Dimitrescu, Mãe Miranda e Karl Heisenberg. Esses novos personagens se juntam à longa lista de chefões e monstros disponíveis nos mais de 25 anos da série da Capcom, formada por figuras inesquecíveis como Mr. X em Resident Evil 2, Albert Wesker em Resident Evil 5 ou mesmo Jack Baker, presente em Resident Evil 7.
O Resident Evil 8 está disponível para PCs (via Steam) e consoles. Há versões para PlayStation 4 (PS4) e Xbox One, além de edições nativas para as plataformas de nova geração – PlayStation 5 (PS5) e Xbox Series S/X. O preço é de R$ 179,90 para computadores e de R$ 249,90 nos consoles. O site TechTudo elaborou uma lista com dez personagens marcantes do universo de Resident Evil, inclusive com espaço para alguns dos vilões que fazem parte de Village. Confira:

Jack Baker – Resident Evil 7: Biohazard
Presente em Resident Evil 7 (2017), Jack Baker não é um chefão monstruoso na maior parte do tempo, ao contrário de algumas das mutações bizarras que fazem parte dessa lista. O que faz do personagem um elemento tão relevante e assustador na série é o terror puramente psicológico que sua presença inspira.
Entre os motivos, a capacidade de Baker regenerar energia e sua aparente invulnerabilidade em alguns momentos está nos duelos em lugares apertados. Além disso, a própria sensação de que ele está em sua casa, enquanto o jogador está num espaço estranho e que não conhece, ajudam a construir alguns dos momentos mais marcantes nos jogos da franquia e são um dos aspectos que explicam o sucesso do jogo entre público e crítica.

Super Tyrant (Mr. X) – Resident Evil 2
Mr. X aparece em Resident Evil 2 (1998) e também no remake de 2019 como um chefão implacável, imune a armas de fogo, que aparece nos momentos mais inoportunos e persegue o jogador de uma forma que parece simplesmente inevitável.
Embora possa ser considerado fácil de superar – especialmente no Resident Evil 2 original – Mr. X exige abordagem mais estratégica e paciência e, de forma parecida com Jack Baker, constrói uma sensação de tensão o tempo todo porque é difícil antecipar quando ele vai surgir na tela.
Os combates contra o Super Tyrant podem ser um pouco complicados para quem vai desprevenido, especialmente os que se passam na delegacia de polícia e no laboratório: espaços pequenos, eles tornam a tarefa de fugir de Mr. X algo mais difícil do que em áreas mais abertas.
Já na última aparição do boss, contra Leon, Mr. X vem reforçado por um ataque letal que mata o jogador em um único hit em arena que, também compacta, complica a dança de fugir e atacar o boss.

Albert Wesker – Resident Evil 5
Figura recorrente por 13 anos de jogos da série, o vilão Albert Wesker protagonizaria algumas das batalhas mais memoráveis de Resident Evil 5 (2009). No caminho do jogador em diversos momentos da narrativa, Albert Wesker aparece em um confronto final desafiador em meio a um rio de lava. Super poderoso, o boss tem uma série de habilidades, talvez a mais impressionante delas seja a de parar mísseis com as mãos.
Toda a história por trás da evolução do personagem contribui para tornar o duelo mais emocionante: o jogador não pode recarregar armas durante o combate e, para gerar dano, é preciso acertar a pontaria em um pequeno ponto vulnerável de Albert aberto apenas em alguns instantes durante a luta.

Verdugo – Resident Evil 4
Verdugo é um chefão tão poderoso que simplesmente dá ao jogador a chance de evitar o confronto. Praticamente indestrutível, Verdugo aparece em Resident Evil 4 (2004) e requer paciência para ser enfrentado, além de uma combinação de nitrogênio líquido para congelar sua pele e tiros de escopeta para produzir o máximo possível de danos – ou com a bazuca para uma vitória instantânea.
O que torna a batalha contra o Verdugo algo difícil é a tendência desse boss em se movimentar com grande agilidade, além da já mencionada indestrutibilidade. Ficar sem munição no meio do duelo é algo comum, o que obriga o jogador a planejar uma fuga com o elevador disponível no mapa. Além disso, é necessário esperar ele chegar e calcular a rota para evitar os ataques do Verdugo – tarefa nem sempre simples.
William Birkin – Resident Evil 2
Birkin é um cientista que injeta seu material de pesquisa, um vírus, na esperança de se curar de qualquer ferimento à bala. O tratamento não dá certo e Birkin sofre mutações que primeiro o tornam distante do mundo e, no fim, modificam seu corpo profundamente até transformá-lo em uma monstruosidade que marca o confronto final de Resident Evil 2 (1998).
A versão remasterizada do jogo, lançada em 2019, contribui para tornar William Birkin um chefão ainda mais icônico, dado o ganho de fidelidade gráfica da nova versão. Ao todo, o personagem assume cinco formas, cada uma mais grotesca e horripilante que a outra.

Derek Simmons – Resident Evil 6
Resident Evil 6 (2012) está longe de ser uma unanimidade entre fãs da série, mas, para quem curte o jogo, a luta contra Derek Simmons é um ponto alto: longa e complexa, a batalha pode durar mais de 30 minutos e pode sair caro para jogadores que alcançarem o boss sem um inventário preparado para dar conta do desafio.
Simmons assume várias formas e estágios na longa batalha, cada uma delas com uma coleção diferente de golpes e ataques que tornam todo o processo de decifrar e memorizar seus movimentos uma estratégia essencial para sobreviver e vencer a disputa. Além de muita atenção, é importante encarar o desafio com tempo de sobra, considerando a intensidade do combate e a longa duração que ele assume.

Nemesis – Resident Evil 3
Talvez um dos chefões mais icônicos, ao lado de Albert Wesker de Resident Evil 5, Nemesis consiste numa monstruosidade muito mais ágil, forte e inteligente do que a maioria dos bosses da franquia. Em Resident Evil 3 (1999), ele é equipado com uma bazuca. Já no remake de 2020, chega reforçado com um lança-chamas, características que dão alguma ideia do tamanho do problema.
Sempre surgindo em momentos aleatórios, o personagem é um elemento de tensão constante em Resident Evil 3 porque o jogador sabe que ele pode aparecer a qualquer momento. Duro de vencer, assim como outros vilões da série, Nemesis vira uma aberração gigante, cheia de tentáculos, no combate final disponível em Residen Evil 3 Remake.

Mãe Miranda – Resident Evil Village
Apesar de Lady Dimitrescu ter roubado a cena durante a fase pré-lançamento de Resident Evil 8, é a Mãe Miranda quem realmente dá as cartas e deve assumir o papel de antagonista principal da nova história da série, pelo que foi mostrado até agora.
A princípio, Mother Miranda é um tipo de sacerdotisa de uma seita pagã. É ela quem governa a vila em que a ação do novo Resident Evil se passa e tem sob seu controle quatro poderosos capangas, entre os quais está a Lady Dimitrescu. Mother Miranda seria venerada como um tipo de divindade e teria poderes sobrenaturais.