Revista francesa elege as três seleções de todos os tempos

A revista “France Football” divulgou os jogadores premiados no “Bola de Ouro Dream Team”, a chamada “Seleção de Todos os Tempos”. O Brasil foi o país com mais representantes na equipe, com três ao todo: Cafu, Pelé e Ronaldo Fenômeno.

Os votos foram contabilizados por 140 jornalistas espalhados por todo o mundo e o prêmio, excepcionalmente nesta temporada, substitui a famosa “Bola de Ouro”, que é entregue todo ano pela revista, que por conta dos impactos causados pela Covid-19, o prêmio foi cancelado.

O sistema escolhido pela revista foi o 3-4-3 e a defesa foi mesclada com nomes que atuaram entre a zaga e a lateral. Um deles foi o lateral-direito Cafu. O capitão do pentacampeonato mundial da Seleção Brasileira teve a concorrência de outros brasileiros como Carlos Alberto Torres, Djalma Santos, Marcelo, Nilton Santos e Roberto Carlos.

No meio-campo, Pelé, o maior jogador de todos os tempos, esteve presente. O camisa 10 venceu Zico e Sócrates, por exemplo, enquanto Falcão, Didi e Gerson, que estavam na disputa como volantes, não entraram na relação final.

No ataque, Ronaldo Fenômeno foi eleito como o centroavante vencendo Romário. Pela esquerda, Cristiano Ronaldo venceu nomes como Rivaldo e Ronaldinho Gaúcho, enquanto Messi, pela direita, saiu vitorioso na disputa com Jairzinho e Garrincha.

Veja todas as seleções de todos os tempos

Goleiro: Lev Yashin (RUS)

Defensores: Cafu (BRA), Paolo Maldini (ITA) e Franz Beckenbauer (ALE)

Meio-campistas: Xavi Hernández (ESP), Lothar Matthäus (ALE), Diego Maradona (ARG) e Pelé (BRA)

Atacantes: Ronaldo Fenômeno (BRA), Cristiano Ronaldo (POR) e Lionel Messi (ARG)

Goleiro: Gianluigi Buffon 

Defensores: Roberto Carlos (BRA), Franco Baresi, Carlos Alberto (BRA)

Meio-campistas: Alfredo Di Stefano, Frank Rijkaard, Andrea Pirlo, Zinédine Zidane

Atacantes:Ronaldinho (BRA), Johan Cruyff e Garrincha

Goleiro: Manuel Neuer

Defensores: Paul Breitner, Sérgio Ramos, Philipp Lahn

Meio-campistas: Andres Iniesta, Didi (BRA), Johan Neekens, Michel Platini

Atacantes: Thierry Henry, Marco Van Basten e George Best