Ruptura institucional é inviável por falta de disposição das Forças Armadas, afirma Michel Temer

Ex-presidente participou de evento promovido por bancos

O então presidente Michel Temer participa de reunião do Conselho Militar de Defesa, no Ministério da Defesa – 13/02/2018 | Foto: Marcos Corrêa/PR

O ex-presidente Michel Temer (MDB) disse que não vê no horizonte a possibilidade de ruptura institucional no Brasil. “Só acontece se as Forças Armadas têm disposição para isso”, declarou, em evento promovido por bancos, na terça-feira 14. “Os militares hoje não têm nenhuma disposição.”

A afirmação ocorre poucos dias depois de o emedebista ajudar o presidente Jair Bolsonaro a escrever uma carta à nação, com a finalidade de pacificar a crise entre os Poderes. Temer afirmou ainda que está otimista quanto à recuperação do Brasil e espera que “arrefeçam os ânimos” entre o governo e o Judiciário.

“Há uma consciência de que cada Poder deve obedecer a regração constitucional”, observou Temer, ao mencionar que o caminho a ser pavimentado agora pelo governo federal é o das reformas econômicas, como a tributária e a administrativa.

Fonte: revistaoeste.com