Segundas partidas da semifinal da Champions League serão realizadas na próxima semana

Real e Chelsea empatam e PSG perde de virada para o City no primeiro jogo da semifinal da Champions

Está tudo aberto. E graças a Benzema. Com gol histórico do francês, o Real Madrid empatou por 1 a 1 com o Chelsea na terça-feira, 27 de abril, no Alfredo Di Stéfano, em jogo de ida pela semifinal da Champions.
Em jogo equilibrado e com sete brasileiros em campo, o time inglês criou mais chances e agora precisa apenas de um 0 a 0 em Londres para ir à final. Uma pequena vantagem para uma equipe que sofre poucos gols e é mandante na partida decisiva.

Qual a situação?
O Chelsea vai para o jogo da volta com ligeira vantagem. Após o 1 a 1 em Madri, o time de Thomas Tuchel precisa de um 0 a 0 em Londres para ir à final. É um trunfo para o treinador alemão, que em 22 partidas à frente dos Blues, não levou gols em 16 delas.
Um novo 1 a 1 leva a decisão para prorrogação e pênaltis. O Real Madrid passa se empatar com dois gols ou mais. O jogo da volta é na quarta-feira, dia 5, em Stamford Bridge. O Real tenta chegar à sua 17ª final. O Chelsea busca a terceira.

PSG x City

A tentativa do PSG de chegar à final da Liga dos Campeões pela segunda temporada seguida começou com gosto de frustração.
O time francês saiu na frente no jogo de ida das semifinais com Marquinhos, aos 14 minutos do primeiro tempo, mas acabou derrotado pelo Manchester City por 2 a 1, de virada, na quarta-feira, dia 28 de abril, jogando em casa, no Parque dos Príncipes.
De Bruyne empatou aproveitando falha de Navas, aos 18 do segundo tempo, e Mahrez fez o gol da vitória inglesa, sete minutos depois.
Missão difícil
Com a derrota em casa no jogo de ida das semifinais, o PSG precisará de uma reação que não é simples na partida de volta, na próxima terça-feira, 4 de maio, em Manchester.
Os franceses têm que marcar ao menos dois gols na Inglaterra para avançar à final, já que o 1 a 0 não bastaria pelo critério de gols marcados fora de casa.
Um novo 2 a 1 a favor do PSG leva o duelo para a prorrogação, e qualquer outra vitória por um gol de diferença é favorável aos visitantes.