Universitários de cursos da Fafram
participam de maratona de programação

Estudantes dos cursos de Sistema de Informação e Enfermagem durante o 1ºHack-Fafram

1º Hack-Fafram reuniu estudantes dos cursos de Sistemas de Informação e Enfermagem

Alunos dos cursos de Sistemas de Informação e Enfermagem da Faculdade Dr. Francisco Maeda (Fafram), participaram do 1º Hack-Fafram, evento realizado de 9 a 13 de maio, no campus da faculdade.
O termo “Hackathon” significa maratona de programação e resultado de uma combinação entre as palavras inglesas hack – programar de forma excepcional – e marathon – maratona.
A maratona foi promovida pelo Diretório Acadêmico do curso de Sistemas de Informação e a empresa júnior do curso SI Fafram Jr e contou com o apoio da Unimed Norte Paulista, Santa Casa de Ituverava e da empresa Protec Informática.
O intuito foi unir alunos de ambos os cursos para desenvolverem soluções inovadoras para a saúde pública, com o propósito de trazer benefícios para a população, bem como aos profissionais da saúde.

Participação
Ao todo, participam da maratona 51 estudantes, sendo 38 do curso de Sistemas de Informação e 13 do curso de Enfermagem, distribuídos em 11 equipes, compostas por alunos misturados.

Dinâmica
A dinâmica do evento compreendeu ideação, criação de modelos de negócios, programação, design e validação de mercado dos projetos, abordando aspectos da relação entre aplicabilidade e viabilidade.
Cada equipe participante apresentou sua solução, em formato de Pitch, para uma banca de especialistas e representantes da Fafram.

Projeto campeão – Vida sem Pausa
O vencedor da competição foi o Projeto “Vida sem Pausa”, elaborado pelos alunos Luís Fernando Alves de Souza, Gabriel Lopes de Faria e Vitor Hugo da Silva Ferreira, do curso de Sistemas de Informação e pela aluna Júlia Praes Alvarenga Paula, do curso de Enfermagem.
O aplicativo “Vida sem Pausa” foi criado com a proposta de conscientizar e divulgar informações de força interativa e colaborativa, proporcionando aos usuários a oportunidade de esclarecer dúvidas, compartilhar experiências e aprender de forma interativa, por meio de um quizz de perguntas.

Projeto Hackathon
A coordenadora do curso de Sistemas de Informação, Lidiane Kanesiro, explica como surgiu a ideia para o projeto. “Faz tempo que queremos trazer para a Fafram projetos com inovação tecnológica e que estimulem a integração dos cursos da faculdade”, afirma.
“A ideia surgiu dos próprios alunos do curso de Sistemas de Informação, que propuseram a mim e a coordenadora do curso de Enfermagem, Andreza Gomes da Silva Nishimoto Maeda, a realização de um Hackathon, e prontamente incentivamos a execução do mesmo”.
“Acredito que para eles foi uma oportunidade muito gratificante, pois já estão empolgados para a realização do próximo evento, que será realizado no segundo semestre. A ideia agora é integrar todos os cursos da faculdade no próximo Hackathon – levando tecnologia para todas os segmentos”, destaca a coordenadora.

Feedback

Segundo Lidiane Kanesiro, os alunos destacaram que o Hackathon os estimulou a pensarem como a tecnologia pode contribuir com novas ideias e trazer soluções para o dia a dia, além de aproxima-los do mercado de trabalho.
“No geral, o mais importante foi conseguir engajar todos os alunos na solução de um problema e na construção de um produto, trazendo inovação e comprometimento”, completa a coordenadora.